Bienvenido a Voces en el Silencio
Aso
Bienvenido

Menu Principal
· Inicio
· Top 20
· Archivo de Historias
· Busqueda
· Seleccion por temas

Libro: Voces o Silencio
"... “Voces o silencio”, el texto no sólo aporta –y mucho– al trabajo de los profesionales que desarrollan su tarea con sujetos con sordera o hipoacusia, sino también a esos sujetos y, fundamentalmente, a su entorno familiar..."
Para más información info@voces.org.ar


Usuarios Conectados
Bienvenido, Anonymous
Nickname
Contraseña
(Regístrate)
Membresía:
Último: Bayton
Nuevos Hoy: 0
Nuevos Ayer: 0
Total: 8798

Gente en línea:
Visitantes: 69
Miembros: 0
Total: 69

Usuarios
· Foros
· Su Cuenta
· Enviar Noticias
· Mensajes Privados
· Sugerencias
· Recomiendenos
· Links - Enlaces

Preguntas Frecuentes
· Voces en el Silencio
· Como usar el sitio?
· Puedo cambiar la contraseña
· Como se editan los datos de su cuenta

 
Voces en el Silencio Congreso_Sordos: Respondendo aos comentários de Ernesto Davis
Editado el Voces el Monday a las 23:30:28, el 17 November del 2003
Contribución de anahi

Caro Ernesto,
Quem é você para dizer o que é melhor: submeter-se ou não a um implante coclear? Por favor, nada de radicalismos. Um implante coclear é exatamente a mesma coisa que um aparelho auditivo ...

(audiofono para usteds), só que muito mais sofisticado. Quanto a eficiência do IC, depende de o surdo ser pré, peri ou pós-lingual, pois nesses 3 "tipos" de surdez temos que levar em consideração a idade da pessoa candidata ao implante coclear e a época em que a perda auditiva ocorreu; então certamente os resultados serão mesmo diferenciados e não podemos de fato tomar partido de generalidades.

Assim, você não tem mesmo o direito de contestar os surdos implantados, posto que você nem é implantado para afirmar tudo isso. Quanto a mim, posso lhe garantir que vibro e me emociono com cada conquista auditiva que eu consigo alcançar. Chorei quando me chamaram pelo nome, chorei quando ouvi os bem-te-vis, chorei quando ouvi o mensageiro dos ventos. Chorei por tantas as emoções auditivas intensamente vividas !!! Os implantes cocleares não prestam? Quem é quem para nos dizer o que é melhor?

Tudo na vida é correr riscos, sobretudo, COMO, QUANDO E POR QUÊ correr esses riscos. Alexander Lowen nos disse que "somente uma pessoa que corre riscos é livre".

Quanto às crianças, acho uma tremenda hipocrisia !!! No momento em que um bebê nasce, toda a educação dessa criança está/é, necessariamente (e de direito !!) a cargo dos pais. Ou então vamos esperar que nossos filhos cresçam e escolham a escola em que quer estudar, o nome em que eles vão escolher, enfim, todas as decisões da vida? Para mim, mais que dizer que as escolas oralistas (a minha não foi, obrigada; portanto, lembre-se que os "traumas" por causa das escolas oralistas são também relativos, assim como relativa é a felicidade de cada um pela condição de SER e não TER) são um genocídio ao desenvolvimento lingüístico-cognitivo de um surdo, genocídio é negar à criança surda todas as possibilidades de crescimento, entre eles a possibilidade pela oralização e a escolha de um implante coclear.

Não quero, com isso, convencer ninguém a se submeter a um, mas exijo o devido respeito aos implantados, oralistas ou não, posto que tudo na vida não passa de um grande negócio. O nascimento de um filho também não passa de um "grande negócio", mesmo que o filho seja ou não tão desejado (enxoval, escolas, dentistas, roupas e alimentação para os filhos), e imagina o que vai ser dos pais o alto custo quando descobrem que seu filho é surdo ?

Mas se esses pais amam seu filho, eu não tenho a menor das dúvidas de que esses pais darão o melhor de si mesmos por seu filho surdo, naquilo tudo que lhes estiver ao seu alcance, dentro de todas as suas possibilidades... Não se esqueça de que a morte também não passa de um "grande negócio", bem pior que se submeter a um implante coclear, posto que envolve dores, perdas e lembranças: o funeral de um tio meu custou uma fortuna e só conseguimos bancar tudo porque os irmãos do meu tio se comprometeram a se ajudarem uns aos outros com sua parte. Ah !!

Mui discretamente, fazer amor num motel com quem se ama também é um "grande negócio" para as redes hoteleiras... A estenotipia, que tanto batalho aqui no Brasil como tecnologia de informação e comunicação para surdos, também é... Vender aparelhos auditivos, idem. Da mesma forma e não menos correto, um implante coclear é um "grande negócio", como preferir.

Permita-me lhe dizer que um surdo implantado não é melhor nem pior que ninguém. Nós queremos apenas ser felizes, errando e acertando com nossas escolhas, seja por um IC ou não. Ou por sermos oralizados ou não. Ou, ainda, pela escolha por uma língua de sinais ou não.

"Tirar o estigma, classificar o indivíduo como indivíduo, não fechando prognóstico nem tampouco classificando-o pelas causas, muitas vezes irremovíveis. É não rotulá-lo".
Meus sinceros abraços,
Anahi Guedes de Mello - 28 anos,
pessoa com surdez neurossensorial bilateral profunda, peri-lingual, oralizada,
não-usuária de língua brasileira de sinais,
implantada coclear pelo Hospital das Clínicas da UNICAMP desde 22/01/2003,
acadêmica do último ano do curso de graduação em Química da Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis/SC,
membro-sócia desde 1992 da Associação "Sociedade de Surdos de São José", em São José/SC, membro da comissão CE-03 da ABNT sobre Acessibilidade em Comunicação e membro-integrante do grupo de pesquisa em Acessibilidade e Tecnologias do RExLab (Laboratório de Experimentação Remota), no Depto de Informática e Estatística da mesma universidade.
Também coordena e administra uma lista de discussão na internet, o fórum "Sociedade dos Surdos Oralizados", em co-parceria com o "Fórum de Implante Coclear - FIC".


 
Enlaces Relacionados
· Más Acerca de Voces en el Silencio
· Noticias de Voces


Noticia más leída sobre Voces en el Silencio:
Inicio Curso Gratuito de Lengua de Señas


Votos del Artículo
Puntuación Promedio: 3
votos: 2


Por favor tómate un segundo y vota por este artículo:

Excelente
Muy Bueno
Bueno
Regular
Malo


Opciones

 Versión Imprimible Versión Imprimible


"Respondendo aos comentários de Ernesto Davis" | Entrar/Crear Cuenta | 0 Comentarios
Los comentarios son propiedad de quien los envió. No somos responsables por su contenido.

No se permiten comentarios Anónimos, Regístrate por favor
PHP-Nuke Copyright © 2005 by Francisco Burzi. This is free software, and you may redistribute it under the GPL. PHP-Nuke comes with absolutely no warranty, for details, see the license.
Página Generada en: 0.17 Segundos